O Barômetro

Faz tempo já. Eu ainda morava no Brasil. No meu tempo de universidade eu costumava colecionar artigos e textos que achava interessantes para usá-los quando me tornasse uma professora. Este foi um que meu irmão encontrou em uma das minhas milhares de revistas. Já o utilizei em uma dinâmica de grupo e foi bem bacana. Não se sabe ao certo a origem da história, mas vale a pena ler… Há algum tempo recebi um convite de um colega para servir {Read More}

Para pensar…

Preocupe-se mais com a sua consciência do que com a sua reputação. Porque a sua consciência é o que você é e a sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam é problema deles.

Reviver. Repensar. Refazer

Eu queria ser de muitos jeitos que não sou. Não fisicamente, pois estou satisfeita comigo. (Se não estivesse teria de me conformar pois não ia adiantar muita coisa mesmo…) Mas do meu e só meu jeito de enxergar as condições e acontecimentos da vida. Algumas fases da nossa vida nos remetem a pensamentos mais distantes, alguns nos mais profundos desejos da alma, outros na loucura, outros na reflexão… Estou neste último aí.. (rs.. rs..) Queria esbanjar serenidade e ternura sempre, {Read More}

Sempre pra frente

Gosto desta foto… Para qualquer lado que eu a coloque na tela do pc sempre tenho a sensação de que os pés estão indo pra frente. Esta idéia deveria dar rumo às atitudes do nosso dia: família, amigos, trabalho. Nesta ordem. Sem fazer utopias ou devaneios, textos poéticos ou elúcubros, acredito que pensar “pra frente” já é metade do caminho e trancorrê-lo com pessoas “pra frente” é a outra metade. Não estou chamando ninguém de atraso de vida; acreditar ser {Read More}

De quem é a culpa?

 Li a chamada de uma matéria e mesmo sem lê-la seu título me fez parar pra pensar: por que culpamos os outros pelos problemas da nossa vida? Trabalhando com público, na área esportiva e relacionada às mudanças nas formas do corpo, pude mesmo constatar o que o anúncio relatava; as pessoas acham muitos culpados para tudo que não dá certo. Em uma das minhas aulas de psicologia do esporte, entendi sobre um mecanismo do nosso corpo “responsável” por isso – {Read More}