Faculdade para quem tem família, dá pra fazer?

Seja pelo gosto de estudar e aprender coisas novas, seja para agregar na carreira ou para mudar de ramo, começar uma faculdade depois da família constituída coloca em discussão nossa capacidade de lidar com adaptações diárias. Filhos aumentam o desafio pra quem quer retomar os estudos, equalizar as contas e organizar os horários. Mas dá mesmo pra fazer? Por experiência própria afirmo: dá sim. Acredito que em primeiro lugar, é preciso decidir. Decidir pela nova carreira, decidir pelo sonho, decidir por {Read More}

O Barômetro

Faz tempo já. Eu ainda morava no Brasil. No meu tempo de universidade eu costumava colecionar artigos e textos que achava interessantes para usá-los quando me tornasse uma professora. Este foi um que meu irmão encontrou em uma das minhas milhares de revistas. Já o utilizei em uma dinâmica de grupo e foi bem bacana. Não se sabe ao certo a origem da história, mas vale a pena ler… Há algum tempo recebi um convite de um colega para servir {Read More}

Educação para o silêncio

Não é de agora que esse assunto me causa espanto. Mais agora em que chegou a hora de procurar uma escola para a Lana. A educação japonesa é bastante peculiar, foge de tudo que temos como conceito de psicologia, pedagogia, didática ou o que-quer-que seja em se tratando de educação. O rigor é enorme e a repressão ao erro é tamanha que cria estudantes calados, amedontrados, introvertidos. Não, não é impressão minha. Sou professora e em minhas aulas estão simultaneamente {Read More}