Cor…

“Não tenho culpa se meus dias têm nascido completamente coloridos e os outros cismam em querer borrar as cores. Não tenho culpa se meu sorriso é de verdade e acontece por motivos bobos, mas bem especiais. Não sou perfeito. Eu também tropeço e caio de vez em quando, aliás, eu caio muito. E no meu mundo mais lindo e completo não consigo entender a existência de algumas pessoas. Mas o mundo aqui não é do mais justos mesmo… Compreendo… Mas {Read More}

[Leia Mais...]

Feliz 2010!!!

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra frente… Tudo vai ser diferente”… Carlos Drummond de Andrade

[Leia Mais...]

Para começar bem o ano…

Vou contar um caso.. “Depois desse ano tão difícil tenho esperança de renovação para o próximo!” “Preciso começar o ano bem”… “Preciso me “desbarangar”, essa é minha primeira meta”.. “Vou começar dando um trato neste cabelo que está horrível”… Minutos depois… “Não gostei desse corte”.. “Poxa, será que nem um corte de cabelo dá certo?” Segundo alguns especialistas a lei de murphy existe e pode ser comprovada, continue lendo: “Hoje tem uma festa pra ir.. eba..” … “Puxa que decoração {Read More}

[Leia Mais...]

Para ser feliz…

Recebi esse vídeo de um amigo muito querido.. Apesar de ser uma propaganda achei lindo. Você vai acabar assistindo mais de uma vez.. Para ser feliz from Fabiana Honorato on Vimeo.

[Leia Mais...]

Música para sexta-feira

Meu irmão querido que me mostrou essa música pela primeira vez. Também não conhecia a cantora ainda. Mas adorei. Musiquinha boa de ouvir na sexta a noite.. em casa.. numa boa.. Espero que gostem. Fidelity – Regina Specktor from Fabiana Honorato on Vimeo.  

[Leia Mais...]

Carta para Lana – agosto de 2009

Minha flor; Claro que não serão com palavras que eu poderei explicar o sentimento de mãe. Talvez palavras como orgulho, amor, felicidade e plenitude possam, no mínimo, expressar um tiquinho do que você representa na minha vida.

[Leia Mais...]

Hamamatsu – Act City

Cidade da música. Assim é conhecida a cidade onde eu moro. O prédio principal foi construído em forma de gaita e abriga um museu de instrumentos musicais. Sobre o museu prometo falar um outro dia. Quero mostrar a vista noturna da cidade lá de cima. O Act City é hotel, business center, museu, centro de exposição, auditório e oferece várias opções de restaurantes. Um deles, o Paganini, localizado no trigésimo andar, além de pianista, luz de velas e um ótimo {Read More}

[Leia Mais...]

Quando o amor vai embora…

Tem coisas nessa vida que a gente sente, não explica. Uma que as palavras não são suficientes e outra que explicar “saudade” é coisa pra poeta. É assim que a gente se sente quando o amor vai embora; sem palavras, feliz por ter você e triste por não ter você. Dá pra entender? Não, não dá. Viro a página do calendário e zero a contagem. Tem que começar de novo. Muda a cor da caneta pra fazer o X, faz {Read More}

[Leia Mais...]