A Síndrome da Geladeira

Responda rápido: Você sai do computador e dá uma passadinha até lá mesmo que não esteja com fome? Você “caça” alguma coisinha pra morder enquanto assiste TV? Ficar em casa significa números a mais na balança e nas roupas? Hum, você pode estar sendo vítima da síndrome da geladeira. Já parou pra pensar nisso?

 

Woman looking in refrigerator.

Não são poucos os que responderam sim para ao menos uma das perguntas acima. Não é fácil resistir ao impulso de comer mesmo sem fome. Mas calma, a geladeira é um bem de primeira necessidade, não precisa condenar a pobre, ela só quer ajudar.

Já falei, num post anterior, que o ideal é você tirar dela gulosiemas e tentações, assim fica mais fácil, ao abrir, não encontrar nada para “os olhos” e sim para o estômago. Não precisa copiar o pica-pau e deixar só um uivo lá dentro; nem ter estoque de água e gelo. Mantenha opções saudáveis como frutas, sucos e iogurtes.

Atacar a geladeira na calada da noite também é outro mal que assola as mocinhas em dieta. Ninguém se levanta e vai até a cozinha pra comer uma torrada ou uma maçã. Não fosse assim pra que ir nas pontinhas dos pés? Aquela pizza gelada, aquele bolo embrulhado no papel alumínio, aquela coca sem gás. Huuuummm, que delícia!!! Nessa hora tudo desce “redondo”.

Não existe receita mágica pra que esse vício desapareça de uma vez por todas. Você vai precisar fazer uma forcinha e controlar a sua ansiedade. Já ouvi algumas estratégias que, segundo os relatos, funcionam; como colar a foto de uma baleia, um porco ou um hipopótamo na porta; olhar para a “densidade” do bicho vai te fazer pensar antes de comer. Ou ainda escrever num papel, em letras garrafais, o quanto já emagreceu. Pensar que vai botar tudo a perder pode ajudar a conter o desejo da torta de chocolate.

Mas o que eu acho que funciona mesmo é associar as suas gulosiemas favoritas à seus principais ingredientes:

  • 1 copo de coca = 1 copo de celulite
  • 1 fatia de bolo = um pneu fugindo da calça
  • 1 pedaço de pizza = 1 número a mais no guarda-roupa
  • 1 cervejinha = 1 camisetão porque a blusa justinha não caiu bem
  • 1 chocolate = 1 praia deserta, pois freqüentar àquela com cara de balada “nem morta”!

Mas isso não é tudo, se tiver mais receitas como essa que ajudam a fugir do fantasma da geladeira, das guloseimas e continuar a fio na dieta dividam com a gente! Será um prazer dividir este espaço, afinal: ele também é seu.

Speak Your Mind

*