Mais perto de Deus – 28 de agosto de 2010 – Monte Fuji – Japão. EU FUI!!!

Quase não acreditei que conseguimos. Quase desistimos. Quase… Não fosse o quase, chegamos…

Monte Fuji  - eu que tirei!!

Foram sete horas de subida e o mais lindo amanhecer que alguém pode ver na vida: do topo do Monte Fuji; às 5 horas da manhã de um domingo, um céu sem nuvens e um sol vermelho. Esqueci da dor nas pernas, esqueci do cansaço, esqueci que o ar faltava devido à altura. Sim, valeu a pena.

Topo do Monte Fuji - Japan

Começamos a subida às 7 da noite. São 10 estações até o topo. Caminha descansa, caminha descansa, caminha descansa. E frio… Nossa, muito frio..

Marisa, Bianca e eu no meio do caminho - 3010 metros

O caminho é difícil, você escorrega, busca pedras pra se apoiar, ajuda com a corda, com o cajado… Respira…

Overview... So beautiful!

Chegamos às duas e trinta da manhã. Faltavam ainda algumas horas para o astro mais esperado chegar. Espera… Lá vem ele. Câmeras a postos. A foto não chega nem perto do que os olhos vêem. Mesmo assim fiz questão de registrar: 28 de agosto de 2010 – Monte Fuji – Japão. EU FUI!!!

Boss! Olha a foto que pediu!!! rs..

O frescor da manhã, o nascer do sol, a paisagem e uma sensação de paz indescritível. Na cratera do vulcão a presença do ser superior. Mais perto dos céus. Mais perto de Deus..

Na cratera...

Obs: Foram três horas de descida. Sofrida. Quando, na escuridão da noite, você sobe sem ver o que tem um palmo à frente do nariz, você simplesmente vai.. Quando amanhece e você olha para baixo e vê o que te espera… São três tipos de desesperos diferentes. Parece que nunca vai chegar.. As pernas tremem como vara verde.. rs… Mas como eu disse antes: super vale a pena.

Speak Your Mind

*