Economia do Japão?

É… O mar não está pra peixe nestes dias. Hoje vi uma declaração do ministro da economia do Japão que atentava para a continuidade do desemprego e a possibilidade de uma deflação. Dizia ainda que milhares de empregos serão cortados e não há data para melhora. Só espero que não demore muito…

Na prática a “coisa” é mais complicada. Tenho visto notícias diárias de pessoas que não tem pra onde ir; despejadas de suas moradias não podem ficar debaixo da ponte. Não há permissão da prefeitura e a solução foi morar na praia. Luxo? Sem abrigo, no frio congelante do Japão, no vento cortante desta região e sem nenhuma estrutura; a visão é dramática. Pra piorar há famílias com crianças, algumas ainda de colo.

Pra se ter uma idéia, a praia daqui não é como a do Brasil, com calçadão, prédios… Aqui não há absolutamente nada na praia. Nada.

O que me choca é que há muitos (eu disse muitos!!!) brasileiros nesta situação. Sem emprego, sem moradia, sem nada. Aliás, com a família junto. Nestes anos que estou aqui nunca vi nada parecido. Os alimentos que já costumam ser caros estão ainda mais. Quem ainda tem trabalho está de todo jeito tentando mantê-lo. As igrejas ajudam como podem dando abrigo e alimento. Tem empreiteira até dando passagem pro Brasil com data de volta em aberto pra quando as vagas de emprego surgirem.

No meu trabalho também tentamos ajudar como podemos, há uma campanha entre todos e o resultado foi bom; muitas pessoas serão beneficiadas através dessa ajuda. Só espero que a “crise” esteja com os dias contados e que praia seja só passeio de verão.

Speak Your Mind

*