Archives for June 2008

Só mais 5 minutinhos!

Todo mundo já falou essa frase um dia. Somos todos seres-humanos e merecemos nossos cinco minutinhos de vez em quando. Eu também. Na verdade eu precisava de algumas horas, mas sou mãe e como bem sabem, o meu reloginho desperta sempre na hora que dá fome, vontade de brincar ou simplesmente quando der vontade. Não importa, a “mamãe” deve estar sempre lá. Esses dias têm sido um tanto difíceis. Os treinos estão super puxados, a dieta rigorosíssima, e muitos afazeres. {Read More}

100 anos de imigração…

Descendentes ou não, todo mundo sabe que neste ano comemora-se o centenário da imigração japonesa ao Brasil. Muitas festas, desfiles, exposições, feiras, etc, etc.. Tudo muito lindo, eu também acho, mas vale saber também do lado que quase ninguém vê… Moro no Japão, conheço a cultura local bem como os aspectos culturais e sociais deste povo. Sou brasileira, morei, estudei, viajei pelo Brasil… Conhecendo os dois lados da moeda posso dar aqui o meu parecer.

Não estou tentando fugir…

Hoje eu exclui meu perfil do orkut. Parece até que eu fiquei um tanto mais leve (mais que a minha dieta pré-competição exige.. rs..). Vamos ver amanhã quando eu vier até o PC para ver os e-mails e mensagens do dia. Vai dar uma saudadezinha no começo… Acho que deve ser a mesma coisa quando deixamos de ter um celular… A razão não é uma fuga propriamente dita, estou tentando achar um meio de “parecer” menos e “ser” mais. Por {Read More}

Olhos que falam

Ela ainda está aprendendo a falar. As primeiras palavrinhas já surgiram, enroladas e incompletas mas nem por isso deixam de ser graciosas e divertidas. Desde o pré-natal já dava pra ver os “olhões” da Lana. Eles são enormes, brilhantes, expressivos e “falam” a toda hora. Mesmo ensaiando as primeiras palavras nossa comunicação sempre fluiu mágica e especial, seja com seus gestos e olhares. Meus olhos de jabuticaba mais lindos do mundo.

A dieta do ovo

Então, lembra do meu post anterior entitulado: “A dieta da batata” ? Pois é, agora vou falar da dieta do ovo. Pra dizer a verdade eu faço as duas juntas, rs… Como fonte de carboidrato eu consumo a batata doce e como fonte de proteína eu consumo claras de ovos. Estranho? Pode parecer mas o negócio funciona. Vou enfatizar mais uma vez e insisto para que não saia comendo batata e ovo por conta e risco que os resultados podem ser péssimos. É {Read More}

Uma horinha só faz falta

Hoje foi o primeiro dia em que eu não fiquei lá na frente da escola. Como é bem perto, fui até em casa “dar o tempo” de uma hora e meia que a professora pediu. Varri, limpei, fiz o almoço, olhei a internet… E nada de dar a hora. Um silêncio, os brinquedos e a casa toda estavam no lugar. Que vontade de ir correndo lá te ver! Sempre acho que alguma coisa pode te acontecer e que eu preciso {Read More}

A dieta da batata

Não é mais uma daquelas dietas mirabolantes da revista de beleza não. Aliás, elas nunca funcionam pois cada indivíduo precisa de uma dieta feita sob medida e a dieta que tem na revista é genérica. Um tanto contraditório: não é feita pra ninguém e é feita pra todo mundo. Faz um mês que só como batata doce como fonte de carboidrato (como o arroz, o macarrão, o pão) e ainda tenho mais dois pela frente. Sabe que a gente até acostuma, {Read More}

Educação para o silêncio

Não é de agora que esse assunto me causa espanto. Mais agora em que chegou a hora de procurar uma escola para a Lana. A educação japonesa é bastante peculiar, foge de tudo que temos como conceito de psicologia, pedagogia, didática ou o que-quer-que seja em se tratando de educação. O rigor é enorme e a repressão ao erro é tamanha que cria estudantes calados, amedontrados, introvertidos. Não, não é impressão minha. Sou professora e em minhas aulas estão simultaneamente {Read More}