Saber cuidar

Deveríamos ter como prioridade na nossa vida. Desde pequenos. Confesso que muito aprendi depois de “grande” por vontade e dedicação própria pois em casa nem sempre aprendi a ter carinho pelo nosso mundo tão sensível.

Sensível pois todas as nossas ações são sentidas e refletem à nós mesmos. Parece que mal nos damos conta disso.

Reciclagem do lixo; jogá-lo no lixo e não na rua. Certa vez, ainda quando morava em Curitiba, fui falar pra moça não jogar um pacotão de lixo pela janela do ônibus e colocar na lixeira disponível dentro do veículo.. quase apanhei porque ela não gostou e ainda me disse um monte de desaforos…

Todo mundo sabe e está cansado de ouvir que não devemos caçar predatoriamente, desmatar… provocar queimadas… Tudo em vão.. campanhas, propaganda.. parece que nada adianta. Não acho que seja só uma questão de educação mas sim de consciência. Já vi pessoas super instruídas e educadas mas sem nenhuma consciência.

Tento ensinar a minha filhinha desde agora a ter carinho com o nosso planetinha, é dele que dependemos e nele que permaneceremos por muito tempo. Pensar só no “agora” é um sentimento medíocre e egoísta, comum nos seres humanos… Tenho tentado fazer a minha parte e criar a tal da “consciência” aos que estão à minha volta. Espero de verdade que de alguma forma essa iniciativa sejá válida.. Mesmo que for só la na frente…

Obs: Li um livro do Leonardo Boff, entitulado “Saber cuidar”, um livro muito bonito e interessante, de onde tirei o título para este post.

Speak Your Mind

*