Monte Fuji

Majestoso. É como melhor posso descrever o ponto mais alto das terras japonesas. Perto é que podemos conhecer a grandiosidade deste vulcão. Ele é imenso sim, abriga cidades aos seus pés e causa espanto com suas dimensões.
Tive a oportunidade de tirar esta foto na manhã linda de um inverno rigoroso na província de Fijinomiya, no estado de Shizuoka.
Na correria desenfreada da rotina nipônica posso sempre sentir a tranquilidade à que esta imagem me remete, ao friozinho lá fora, ao prazer do descanso, à beleza reservada aos olhos.
Esta é a vida do “Fuji San”: Receber alpinistas e aventureiros no verão e fotógrafos e românticos (e corajosos!) no inverno. Nele é possível subir até o topo através de trilhas especialmente organizadas para isso, leva em torno de oito horas o trajeto – contando claro com o auxílio dos veículos que sobem até a primeira metade. A subida é feita a noite para que se possa assistir o amanhecer lá de cima. Um espetáculo. Vale lembrar que um pouquinho de sorte vai bem pra poder encontrar uma manhã linda como essa.

Speak Your Mind

*