Meu primeiro Blog

Passei uns dias tentando arrumar o lay out do Blog para depois começar a postar. Mudei de idéia… Vamos fazer isto por partes, caso contrário nem sei quando as postagens poderiam começar.

Quando descobri essa “coisa” de Blog, achei o máximo, é como um site, fácil de fazer, gasta-se apenas tempo e nele você pode quase tudo… (Convenhamos que o bom senso nesta hora é que me fez pensar em “quase tudo” …) Pois aqui estou com o meu Blog: “A vida é da cor que a gente pinta”.
Resolvi dar este nome pelo seguinte motivo: Nós podemos fazer na nossa vida as escolhas que nos levarão à cor ou ao formato P&B, já passei -como todas as pessoas deste planeta – por fases boas e ruins. Aprendi que não existem fases boas ou ruins. Existem as fases que nós decidimos como vai ser. Ou aprendemos a lidar com os acontecimentos e aceitar que vão sempre existir e resolvê-los com naturalidade ou vamos passar o resto da nossa vida olhando por cima do nosso ombro à espera da próxima armadilha que o destino nos reserva.
Repare nas crianças – quando abrem a caixa de lápis raramente pegam o lápis preto primeiro, aliás, nem pegam o lápis preto, para elas até o contorno fica melhor colorido – porque nós adultos ao abrirmos a caixa de lápis da nossa vida não utilizamos as cores mais fortes e vibrantes? Nessa altura valeria tudo, brilhantes, aromatizados, luminosos… A combinação? Não importa. Acredito que fechar os olhos e abrir o coração já seja suficiente para fazer descobrir que “A vida… é da cor que a gente pinta”… Assim, fácil…

Speak Your Mind

*